20 de março de 2012

Chaves de boca
Eu estava devendo este tutorial a muito tempo, muito tempo mesmo. Não tinha postado antes pois não sabia como fazer este procedimento e nem tinha ferramentas para tal. Depois de ler e pesquisar sobre o tema, criei coragem e decidi esticar a corrente sozinho e sem ajuda de mecânico. Não é nenhum bicho de 7 cabeças, não. É mole.



Em resumo, você afrouxa a porca do eixo traseiro, estica a corrente (afastando a roda para trás, mesmo) e reaperta a porca do eixo. Mas você precisa estar ciente de que não pode deixar ela muito esticada e nem muito frouxa. Existe uma "medida" correta para esta folga.

De acordo com o manual de serviço, esta folga pode variar entre 25 a 35mm (de 2,5 a 3,5 centímetros). A corrente deve ser inspecionada e limpa a cada 1.000 km.

Folga correta para a corrente
Eu particularmente acho que o intervalo entre uma inspeção e outra deveria ser menor, o ideal é de 500km em 500km ou todo final de semana (só minha opinião).

Antes de iniciar este procedimento, você deve se certificar de possuir as ferramentas necessárias, que são uma chave de boca número 19 e outra número 12.

Chaves 19mm e 12mm

Onde deverão ser utilizados 

Esticando a corrente
Primeiramente, coloque a moto apoiada no cavalete central. Afrouxe a porca que segura a roda no eixo traseiro. Duas ou três voltas são mais que suficientes. Não desaperte tudo, só o mínimo necessário para poder afastar a roda.

Desapertando a porca do eixo

Nesse ponto a roda já está solta, agora você deve desapertar a porca que segura o parafuso, este por sua vez é o responsável por afastar a roda.

Desapertando a porca do parafuso ajustador

Agora vem a parte mais "chata". Preste atenção na foto abaixo e perceba a existência de ranhuras. Elas devem ser utilizadas como medida, observe a presença dela nos dois lados do eixo.

Estas ranhuras estão nos dois lados

O parafuso que vai esticar a corrente é essa que está na foto abaixo. Muita atenção, pois você deve estar atento na medida de ambos os lados. Elas devem estar na mesma medida.

Parafuso regulador do ajuste da corrente

Depois de regular o ajuste da corrente, aperte a porca do parafuso e por último aperte a porca do eixo traseiro. Recapitulando;

Ordem de ações

1 - Desapertar a porca do eixo traseiro
2 - Desapertar a porca do parafuso ajustador (ambos os lados)
3 - Regular o ajuste da corrente, tendo como base as ranhuras (ambos os lados)
4 - Aperte a porca do parafuso ajustador (ambos os lados)
5 - Aperte a porca do eixo traseiro

Lembre-se de não deixar a corrente muito esticada, pois quando você subir na moto, a tendência é que a corrente estique mais um pouco, devido a balança. Se você anda com garupa a tendência é que ela estique mais ainda. Mas nada para se preocupar, deixando a folga entre 25mm a 35mm, está tudo certo.

Parece complicado, mas não é. Se for o caso, leia este post duas, três ou vinte vezes até realmente entender o que precisa ser feito. Imprima, anote em um papel, reserve um tempo livre, separe as ferramentas necessárias e boa sorte!

Depois que terminar, tenho certeza que você sentirá muita satisfação em saber que sozinho conseguiu fazer um procedimento que outros motociclistas mais experientes consideram brincadeira de criança. Ninguém nasce sabendo e só vamos descobrir se somos capazes, AGINDO! Vai lá e depois volta pra me contar, beleza?
Comentário(s)
17 Comentário(s)

17 comentários:

  1. Muito bom o tutorial!

    Eu já apertei a corrente da minha duas vezes... Não achei complicado, mas sim trabalhoso. É um tanto chato ficar medindo as ranhuras dos dois lados. Entretanto, acredito que com um pouco mais de prática o processo se torna mais fácil e rápido!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Caio, bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  3. ae Hélio, brigadão!
    sempre fico com vergonha de passar na oficina e pedir pra apertar a corrente pra mim...
    gostei muito do tutorial e na proxima vou tentar sozinho

    ResponderExcluir
  4. Valeu aí, queria aprender a fazer isso! Parabéns pelo blog! MArcos, Passo Fundo, RS

    ResponderExcluir
  5. Vou comprar uma Intruder 125 e seu blog está me ajudando muito. Obrigado.

    ResponderExcluir
  6. Acabei de comprar uma CG 150 ESD, coloquei em prática seu tutorial, parabéns muito bem explicado até mesmo pra quem nunca fez assim como eu, estiquei sem dificuldade, obrigado

    ResponderExcluir
  7. Acho interessante fazer o aperto da porca do eixo traseiro com um torquímetro, o que faço de acordo com o especificado no manual de serviço.

    ResponderExcluir
  8. Quando você vai atualizar o site?

    ResponderExcluir
  9. POSSUO UMA INTRUDER 125 ACHO ELA UMA GUERREIRA !!! NÃO DEIXA NA MÃO !!!

    ResponderExcluir
  10. GOSTARIA DE RECEBER UMA AULA DE COMO SE TROCA A CAIXA DE DIREÇÃO DA INTRUDER 125???

    ResponderExcluir
  11. Cara, minha moto é uma GSR150i. Ela tá com o seguinte problema: tá com muita instabilidade na roda traseira. Qualquer irregularidade, por menor que seja no piso, ela parece que tá escapando. Até em frenagem, mesmo só com a dianteira, ela fica querendo ir pro chão. A roda não tá frouxa, a direção tá sem folgas. Poderia ser o alinhamento do eixo traseiro? Fui medir pelo parafuso guia de esticar a corrente e o lado esquerdo tem uns 3mm a menos que o direito. Já mexi em todas as regulagens de carga da mola do amortecedor e nada.

    ResponderExcluir
  12. Daniel F. Silva, verifica se os pneus estao gastos. É normal pneu careca dá essa falta de estabilidade. Observe a ranhura central, pois as vezes as ranhuras laterais podem parecer intacta. Existe um indicador de pneu gasto em todos os pneus o qual vc deve tomar como referencia. Sei que é postagem antiga, mas sei que muitos pesquisam essas coisas no google e por isso respondi... Ah, as vezes é problema simples como esse mesmo, mas verifica inicialmente isso antes de verificar "balança", etc

    ResponderExcluir
  13. Melhor e mais fácil pra ajustar a corrente, só intrudinha mesmo.
    Vlw pela ajuda!

    ResponderExcluir
  14. Valeu, Hélio, ontem pela primeira vez estiquei a corrente da minha titan 150, deu tudo certo graças ao seu tutorial. Um abraço, amigo.

    ResponderExcluir
  15. cara, a dica das ranhuras foi fundamental! eu tava batendo cabeça ai notei as ranhuras q vc disse! show!

    ResponderExcluir
  16. Vou tentar fazer isso pela 1°vez, acho difícil mas vou tentar, colocar a moto no cavalete é mais difícil ainda, acho pesado,pra mulher é complicado mas estou cansada de ter que ir na oficina ajustar a corrente, muito boas suas dicas, obrigada.

    ResponderExcluir
  17. Tenho uma motocicleta dessas, quero customizar a minha

    ResponderExcluir