23 de abril de 2011

9 passos para lubrificar a corrente

Texto original no site BemSimples

Você precisa de:
- Graxa em spray especial para corrente de motos
(se possível, com teflon e à prova de pó)
- Pincel grosso (brocha)
- Querosene

- Pedaço de pano para tirar o excesso de graxa e querosene


Passos

1 - Levante a moto de um jeito que a roda traseira fique suspensa no ar.
Você pode usar um cavalete.
Deixe-a bem apoiada, de maneira que ela não caia.

2 - Molhe o pincel com querosene e tire o excesso para não escorrer.
Passe-o pela corrente dos dois lados, interno e externo.
Passe também pelo lado interno da engrenagem, o mais perto possível do pneu.
Gire a roda aos poucos, para que a corrente se mova e você possa ir acrescentando o querosene, de forma que ele penetre bem.

3 - Umedeça um pedaço de pano com querosene e passe na corrente dos dois lados, com atenção para retirar os resíduos que tiverem ficado.

4 - Quando terminar a limpeza, para que a lubrificação tenha melhor resultado você deve usar a moto durante 15 minutos. Assim, a corrente ficará quente e a graxa penetrará melhor.

5 - Com a moto novamente levantada, aproxime o spray da corrente e comece a lubrificar pelo lado interior, sem usar produto demais. Você pode colocar um pedaço de pano atrás da parte que você está lubrificando, para não se sujar.

6 - Repita a operação do passo anterior, agora pelo lado externo da corrente.
Gire a roda para facilitar a lubrificação da corrente toda.

7 - Deixe secar durante pelo menos 30 minutos antes de voltar a usar a moto.

8 - Para comprovar o estado de deterioração da corrente, puxe-a até a altura da engrenagem traseira. Se ao desencaixar a corrente o espaço livre for equivalente a meio dente da engrenagem, você deve pensar em trocar a corrente.

9 - A corrente não deve estar esticada nem frouxa demais.
Consulte o manual para saber qual é o grau de tensão da corrente do modelo da sua moto.

Importante

Você deve acrescentar graxa entre cada 500 a mil quilômetros. Uma limpeza profunda ou a remoção da graxa toda deve ser feita entre cada 6 mil a 8 mil quilômetros. Alguns mecânicos recomendam fazer isso depois de cada exposição à chuva.

As redes têm uma vida útil de aproximadamente 30 mil quilômetros. Depois, é recomendável trocá-la. Aproveite e troque também a engrenagem traseira e a coroa.
Você nunca deve usar gasolina para remover a graxa da corrente, já que esse produto a resseca e corrói mais rápido as uniões dos elos.

Fonte: BemSimples
Comentário(s)
1 Comentário(s)

Um comentário:

  1. minha motocicleta era cheia disso eu não sabia o que era até que o blog me ajudou

    ResponderExcluir